Cientistas encontram radiação por césio em peixes e plânctons no Japão

Enquanto pensamos em ampliar nosso acervo de energia elétrica de fonte nuclear, leiam o que está acontecendo no Japão:

O colapso do complexo atômico de Fukushima, no Japão, após terremoto e tsunami em março do ano passado, resultou na propagação de radiação por várias cidades do país, criando uma zona de exclusão de moradores.

Nesta semana, pesquisadores de universidades dos Estados Unidos e Japão mostraram em estudo publicado na revista da Academia de Nacional de Ciências norte-americana, a “PNAS”, que foram encontradas amostras radioativas de césio em plânctons e peixes que se encontravam na superfície e no fundo do mar.

Segundo a investigação científica, níveis de radioatividade foram encontrados no ambiente marinho a partir de medições realizadas em 50 diferentes pontos durante o ano passado. Algumas das medições foram feitas em pontos distantes da costa japonesa.

Água doce e salgada utilizadas para o resfriamento da usina de Fukushima após a explosão do reator foram lançadas ao oceano, o que pode ter causado a contaminação. Entretanto, segundo os pesquisadores, os níveis radioativos não fazem mal à saúde humana.

Vazamento detectado – Em abril do ano passado, técnicos da usina nuclear haviam anunciado a contenção do vazamento de água radioativa de um dos reatores para o mar, mas anunciaram que um índice elevado de contaminação já foi detectado numa determinada espécie de peixe.

A contaminação em alta dose foi encontrada em apenas uma espécie que se parece com uma pequena sardinha e em poucas amostras. Foi na costa da província de Ibaraki, ao sul da usina.

Seria muito difícil e traumático tirar o peixe do cardápio dos japoneses, já que é a principal fonte de proteína do país. Para tranquilizar a população, o governo estabeleceu níveis máximos aceitáveis de radiação e vai apertar a inspeção para evitar que peixes contaminados cheguem ao consumidor. (Fonte: Globo Natureza)

Sobre neveslaera

CURRICULUM VITAE 1. Titular – Neves Terriani Laera , Engenheiro Agrônomo – Fitotecnista, 7. Experiência Profissional – - De 1976 a 1979 – Pesquisa Científica em biologia dos solos – CNPq/EMBRAPA AGROBIOLOGIA - De 1979 a 1981 – Professor da UFRRJ-km 47 – Campo Experimental e de Produção - De 1981 a 1982 – Engenheiro Agrônomo da RURALTEC LTDA – Desenvolvimento de atividades relacionadas com a elaboração e implantação de projetos agropecuários de grande porte nos Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais - De 1982 a 1996 – Assessor Técnico do Banco do Brasil. Acompanhamento técnico direto de projetos conduzidos sob financiamentos de grande, médio e pequeno portes em atividades do setor agropecuário, tais como cafeicultura, pecuária de corte e leite, fruticultura, olericultura, caprinocultura, ovinocultura, carcinocultura, apicultura, culturas de cereais, produção de mudas ornamentais, avicultura, eqüinocultura, piscicultura. Atuação nos Estados do Rio Grande do Norte (1982 ), Minas Gerais ( 1983 a 1986 ), São Paulo ( 1986 a 1988 ) e Rio de Janeiro ( 1988 a 1996 ) - De 1996 até atualmente – Fundador e sócio-diretor da Terriani Laera Consultoria Empresarial SS Ltda ( www.agroterriani.cjb.net ), empresa voltada para serviços de consultoria plena em projetos agropecuários, de reflorestamento, paisagismo, arborização urbana, produção de plantas ornamentais, aqüicultura, licenciamento ambiental e estudos de viabilidade técnica e econômica em empreendimentos afins 6. Cursos de Pós-graduação no Brasil – - Apicultura Integrada – IASC-1983 – 600 horas - Armazenamento de Grãos – UFV-1984 – 500 horas - Tecnologias de Sementes – UFRRS-1985 – 500 horas - Agricultura Tropical – UFRPe – 1986 – 500 horas - Irrigação e Drenagem – USP-1987 – 400 horas 7. Cursos de Pós-graduação no Exterior – - Tecnologias de Pesca e Comercialização Internacional de Pescados-1988 – Itália – Sete meses de duração 8. Idiomas – Inglês – Fluente Espanhol – Fluente Italiano – Fluente 9. Principais Características Profissionais – Visão ampla dos aspectos éticos, técnicos, econômicos e sociais em assuntos inerentes à profissão, aguçada capacidade de análise técnica apurada durante trinta e dois anos de exercício profissional no segmento agronômico, elevada capacidade gerencial e de comando, integridade, ética e alta disposição para o trabalho. 10. Assessoria Imobiliária – A partir de 1999, atuo também no segmento imobiliário, com o uso de atribuições inerentes ao título de Corretor de Imóveis, sendo que sou inscrito no CRECI-RJ. Nesse segmento, minha forma de atuar leva em consideração sobretudo a busca de soluções éticas, ambientalmente corretas, criativas e pioneiras na busca de fomento a novos e grandes empreendimentos. Possuo capacidade de articulação junto a grandes empresas, além de extensa rede de contatos pessoais.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>